Assinar carteira de trabalho à distância é possível?

Assinar carteira de trabalho à distância é possível?

Com o surgimento da pandemia do novo coronavírus, as pessoas começaram a praticar o isolamento social, o que gerou consequências para a maioria das empresas, como o trabalho remoto e às contratações à distância. Uma dúvida que pode ter surgido neste momento é: como assinar a carteira de trabalho à distância?

Felizmente fazer isso já é possível há algum tempo, por isso não haverá grandes problemas na hora de contratar alguém a distância. Contudo, se para você isso é novidade, leia este artigo e descubra como fazer!

Como assinar a carteira de trabalho à distância?

Há muito tempo conhecemos a Carteira de Trabalho, um documento importantíssimo para quem trabalha formalmente pela CLT e claro, para os empregadores que precisam assiná-la sempre que fazem uma contratação. Nela, devem ser anotados dados referentes ao serviço prestado, como por exemplo a data de início e saída do trabalho, o salário, cargo, entre outros.

Entretanto, aquele documento de capa azul ao qual estamos familiarizados, ganhou uma nova versão em 2019: a versão digital da CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social). Desde então é possível assinar carteira de trabalho de forma completamente eletrônica.

Embora seja possível fazer a assinatura da carteira à distância, as empresas que não utilizam o eSocial ainda precisam fazer as devidas anotações no documento físico. Portanto, caso a sua empresa utilize o eSocial, você pode assinar a carteira de trabalho digital.

Para isso, o procedimento é mais simples do que você imagina. Afinal, não é preciso fazer, de fato, nenhuma anotação na carteira. Já que ao cadastrar os dados do contratado no eSocial, as informações são migradas automaticamente para a CTPS digital do profissional.

Ou seja, para assinar carteira de trabalho à distância é preciso enviar no eSocial, o evento S-2200 (Cadastramento Inicial do Vínculo e Admissão/Ingresso de Trabalhador), ou o S-2190 (Admissão Preliminar) caso ele ainda não possua todas as informações.

Sendo assim, nos casos em que a Admissão Preliminar é feita, é preciso completar os dados com o evento S-2200 posteriormente.

Depois de completar todos os dados no eSocial, a CTPS digital já estará devidamente assinada e não será preciso fazer nenhum contato físico com o colaborador admitido!

Facilitando a regularização no eSocial

Como estamos vivendo em um mundo completamente digital, ainda mais agora que o trabalho remoto virou rotina na maioria das empresas, existem maneiras de facilitar a admissão e a regularização da empresa com o eSocial.

Um ótimo exemplo é o Lugarh, uma plataforma de admissão digital. Nesta plataforma, os novos colaboradores enviam todos os documentos admissionais necessários escaneados direto pelo aplicativo, e o setor responsável recebe tudo em tempo real! Depois disso, basta atualizar os dados no aplicativo para que eles sejam informados automaticamente. Assim você deixa a empresa regularizada com o governo sem esquentar a cabeça!

Ou seja, todo o processo de admissão é facilitado e os dados vão diretamente para o eSocial. Consequentemente, a carteira de trabalho digital é assinada à distância e de forma eletrônica por conta das informações prestadas no eSocial.

Também podem te interessar

Receba novos conteúdos
no seu email:

admissão