Assinatura Digital: o que é, para que serve e como funciona

Assinatura Digital: o que é, para que serve e como funciona

Estamos vivendo na era digital. Isso significa que praticamente tudo pode ser feito de forma eletrônica e digital. Em meio a tantas coisas que podem ser resolvidas com alguns cliques, não poderia faltar a assinatura de documentos.

E você sabe como funciona a assinatura digital? Aliás, você sabe o que é e para que ela serve? Se a sua resposta for não para alguma dessas perguntas você precisa ler este artigo para entender!

O que é assinatura digital e para que serve?

Não adiantaria explicar como funciona uma assinatura digital, se antes, não explicássemos o que é e para que ela serve.

O conceito desse tipo de assinatura, em poucas palavras é: uma maneira de garantir as assinaturas em documentos, que antes eram feitas manualmente, de forma completamente digital. Ou seja, os documentos são assinados digitalmente.

Sendo assim, ela serve basicamente para facilitar as assinaturas e reduzir a burocracia neste sentido. A assinatura eletrônica otimiza o tempo e elimina as barreiras geográficas, já que ninguém precisa se deslocar para assinar os documentos. Pelo contrário, é possível fazer tudo pelo computador ou celular de maneira prática e rápida.

Inclusive, em tempos de pandemia e isolamento social, como o que estamos vivendo, a assinatura digital se tornou extremamente útil para evitar o contato físico e, consequentemente, evitar o contágio do coronavírus.

Além de ser uma ótima opção econômica, já que há a possibilidade da diminuição de papéis, tinta e envio dos documentos a assinatura digital torna tudo mais acelerado, visto que pode ser feita em qualquer lugar, desde que se tenha um celular ou computador por perto.

Enfim, assinatura digital é nada mais do que uma forma de desburocratizar e otimizar os processos que precisam de assinaturas em documentos.

Como funciona esse tipo assinatura?

Toda assinatura digital está associada com um certificado digital. Esse certificado serve para garantir que os dados sobre a pessoa que utiliza estão realmente corretos. Ou seja, é por meio do certificado digital que os dados ficam completamente protegidos e invioláveis, tornando tudo mais seguro.

Por exemplo, toda pessoa física possui um documento chamado RG que garante a identidade desta pessoa. Da mesma forma, o Certificado Digital assegura a identidade dela e a legitima na hora de realizar a assinatura digital.

Isso significa que, antes de criar uma assinatura eletrônica, é necessário criar o certificado para que elas tenham validade jurídica.

Então, para criar o certificado é preciso preencher um cadastro com os dados requeridos, escolher o certificado, selecionar o período de armazenamento, cadastrar suas senhas e fazer a validação pessoal de identidade que, geralmente, acontece por videoconferência.

Depois de criar o certificado digital, você já pode começar a assinar qualquer documento eletrônico com validade jurídica inquestionável. Para isso, você precisa ter um programa de formato PDF e que aceite a assinatura digital. Portanto, verifique se a versão do seu programa é adequada para isso.

Em seguida, procure o campo onde está escrito algo parecido com “preencher e assinar”, selecione a opção de ferramentas para assinar e depois clique em “assinar com certificado”. Depois, basta selecionar com o cursor o local que você deseja adicionar a assinatura e, por fim, faça a seleção do certificado para escolher o mais adequado, caso você tenha mais de um.

O último passo, é salvar o documento no formato PDF e pronto, o seu documento já está com a assinatura digital feita! Agora é só aproveitar a comodidade de assinar seus documentos digitalmente.

Por hoje é só, mas se você gostou desse conteúdo e quer mais informações sobre admissão digital e tendências de RH,  assine a nossa newsletter e entre no nosso canal do Telegram: Eu Amo RH!

Até o próximo artigo! 💙

Também podem te interessar

Receba novos conteúdos
no seu email: