guia da previdência social

Guia da previdência social: aprenda a calcular

A Guia da Previdência Social é um documento que tem como finalidade fazer o recolhimento de contribuições previdenciárias. A questão é que em muitas empresas, a dúvida de como calcular a GPS corretamente ainda é muito recorrente.

Pensando nisso, resolvemos escrever esse artigo ensinando como calcular a GPS de uma forma fácil e descomplicada! Aprenda para nunca mais errar!

O que é Guia da Previdência Social?

Como mencionamos acima, a Guia da Previdência Social é um documento que visa recolher as contribuições previdenciárias relacionadas aos colaboradores de uma determinada empresa.

Todas essas contribuições são encaminhadas para o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que, por sua vez, tem a função de assegurar os benefícios de aposentadoria, salário-maternidade, auxílio doença, pensão por óbito e outros benefícios do tipo.

Para fazer o recolhimento correto da GPS, o cálculo deve ser feito mensalmente com base na Folha de Pagamento dos funcionários. Isso quer dizer que o valor pode variar de acordo com o quanto foi pago para os colaboradores.

Nos casos em que a Guia da Previdência Social é recolhida fora do prazo, a empresa é punida com o pagamento de juros e multas. Sendo que o juros é equivalente à taxa Selic, e a multa é equivalente a 0,33% por dia de atraso, tendo como limite, 20%.

Já nos casos em que a Guia da Previdência Social é preenchida erroneamente, é possível recalcular fazendo uma retificação, por meio de um pedido de RetGPS pelo Portal eCac, o Centro Virtual de Atendimento. Isso quer dizer que não é preciso comparecer à Receita Federal.

Como calcular a GPS?

Embora alguns detalhes tenham que ser levados em consideração na hora de fazer o cálculo da Guia da Previdência Social, não é tão difícil quanto parece, basta ter atenção e seguir corretamente o passo a passo que iremos mostrar aqui.

Em primeiro lugar, você precisa saber que o cálculo é feito com base no valor bruto total do salário registrado na folha de pagamento dos colaboradores. Ou seja, o responsável deve levar em consideração os valores de horas extras, faltas, atrasos, saídas antecipadas etc.

Cada valor mencionado na folha de pagamento fará diferença na hora de calcular a Guia da Previdência Social e, por isso, nada deve ser esquecido ou desconsiderado, nem mesmo benefícios como vale-alimentação, plano de saúde, vale-transporte ou outros.

Para facilitar o processo, o cálculo pode ser realizado de forma online por meio do site da própria Receita Federal, ou por telefone. No caso do cálculo feito por telefone, basta ligar no Central 135 e seguir as instruções passadas.

Por outro lado, para fazer o cálculo pelo site, o passo a passo é o seguinte:

 

  1. Acesse o site de Sistema de Acréscimos Legais – SAL

    Esse site permite que sejam feitos os cálculos de Guia da Previdência Social estando ela em atraso, ou não.

  2. Escolha um dos módulos disponíveis

    Os módulos disponíveis no site são: Contribuintes Filiados antes de 29/11/1999, Contribuintes Filiados a partir de 29/11/1999 e Empresas e Equiparadas e Órgãos Públicos.

  3. Depois de escolher o módulo, insira o número do PIS/PASEP do trabalhador.

     

  4. Digite o texto solicitado para provar que você não é um robô

     

  5. Clique no botão “confirmar”

     

  6. Insira todos os dados solicitados na página que abrir

     

  7. Por fim, acesse sua Guia da Previdência Social

     

Pronto, depois é só imprimir a Guia com o cálculo já feito automaticamente pelo Sistema de Acréscimos Legais !

Também podem te interessar

Receba novos conteúdos
no seu email: