Mentoring: entenda o que é e como funciona!

Mentoring: entenda o que é e como funciona!

Mentoring é um termo em inglês que é utilizado para nomear uma ferramenta muito poderosa de desenvolvimento profissional. Certamente você já deve ter ouvido falar em mentoria ou apadrinhamento, que são as traduções deste termo para o português.

Com o crescente interesse dos brasileiros em olhar para sua carreira de forma estratégica, essa prática tem ganho força nos últimos tempos, principalmente nas redes sociais mais empresariais, como o LinkedIn.

Mentoring nada mais é do que o aconselhamento feito por alguém com mais experiência para alguém que está apenas começando em um tópico ou área específica.

Existe mentoring para várias situações: financeiro, espiritual, de relacionamento, negócios e, claro, de carreira – que será o nosso foco neste artigo.

Assim, um profissional com mais experiência no mercado consegue apoiar aquele que está começando, mostrando caminhos e indicando estudos para facilitar a jornada do seu aprendiz.

Como o mentoring funciona?

O mentoring é uma troca de experiências que pode ocorrer de algumas formas.

O mentoring gratuito é feito por um profissional com mais experiência, que visa auxiliar outro em sua jornada, mas sem nenhum vínculo por contrato ou necessidade de remuneração pelas trocas realizadas.

Já o mentoring pago deve ser feito por um profissional qualificado, que será contratado para fornecer insights e caminhos ao seu cliente para que este alcance o sucesso que deseja. Este tipo de mentoria exige a realização de um contrato e, claro, a remuneração do mentor. 

Geralmente o mentoring segue uma ordem cronológica de acontecimentos que o mentorado deve realizar, entretanto, o mentor também pode auxiliar seu pupilo em situações pontuais.

Existem alguns mentores que “abrem vagas” para mentorados e colocam suas agendas à disposição. Outros você vai precisar questionar (por mensagem ou e-mail) a possibilidade de uma mentoria. Muitos profissionais preferem essa segunda abordagem, pois sentem que o interesse é mais genuíno no conteúdo a ser oferecido.

Quando usar o mentoring?

Como já dissemos, o mentoring é uma ferramenta poderosa de desenvolvimento profissional. Ele pode ser usado tanto para iniciantes, quanto por profissionais mais experientes, que também buscam conselhos de pessoas ainda mais experientes que elas.

O mentoring pode ser realizado apenas para resolver uma situação pontual ou para sair de um estado A para um estado B em sua carreira ou em seu negócio. 

Este acompanhamento mais próximo por quem já passou pelos mesmos desafios deixam o profissional que está sendo mentorado com mais ferramentas e segurança para realizar sua evolução.

Quais os benefícios dessa troca?

O mentoring é muito benéfico para quem está recebendo os conselhos, com toda a certeza. Quem não gostaria de alguém experiente, bem próximo de você e do seu objetivo, para aconselhar em todos os caminhos? O número de erros evitados são gigantescos!

Entretanto, o mentor também se beneficia com esta troca.

Caso o mentorado tenha sucesso em sua empreitada, o mentor também recebe os aplausos – além da gratidão do seu pupilo. Assim, sua credibilidade no mercado aumenta consideravelmente, ganhando mais espaço e autoridade em sua área.

Por hoje é só, mas se você gostou desse conteúdo e quer mais informações sobre admissão digital e tendências de RH,  assine a nossa newsletter e entre no nosso canal do Telegram: Eu Amo RH!

Até o próximo artigo! 💙

Também podem te interessar

Receba novos conteúdos
no seu email:

admissão