Recrutamento e seleção por competências o que é e como fazer

Recrutamento e seleção por competências: o que é e como fazer

O recrutamento e seleção por competências tem ganhado espaço nas conversas dos profissionais de Rh. Isso porque o setor de RH está se tornando cada vez mais parte das decisões estratégicas do time, e esta ferramenta é extremamente útil para isso.

Como sabemos, contratar as pessoas certas pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso de um projeto – ou pelo menos o atraso nos prazos. O recrutamento e seleção por competências é uma forma de deixar o processo de atração de talentos mais estruturado, focado, trazendo melhores resultados para o time.

Vamos conhecer um pouco mais dessa ferramenta e mostrar como você pode aplicá-la no seu dia a dia no seu processo de recrutamento e seleção.

Recrutamento e seleção por competências: o que é?

Atualmente, a forma de se aprender novas profissões e de adquirir novos conhecimentos tem mudado muito.

Pense nos cursos online, por exemplo. Até um pouco atrás, antes da pandemia causada pela COVID-19, esse formato tinha pouco prestígio no ambiente profissional. Atualmente, se o candidato não fez sequer um curso livre online, já estranhamos, não é mesmo?

E o que isso tem a ver com recrutamento e seleção por competências? Bom, simplesmente tudo!

Antigamente o currículo já dizia muito sobre a pessoa – a instituição que fez a graduação, por exemplo, tinha muito peso no processo de recrutamento e seleção. Como falamos anteriormente, essa exigência mudou muito, deixando de ter a importância que tinha.

Ou seja: o currículo tem um peso grande sim, mas é apenas o início, para dar uma base pro recrutador sobre aquele candidato.

E é aqui que entra o recrutamento e seleção por competências, uma técnica que visa selecionar candidatos considerando seus Conhecimentos, Habilidades e Atitudes (CHA). Características estas que são difíceis de serem condensadas em um currículo, não é mesmo?

Entendendo a sigla CHA

Vamos abordar cada um dos tópicos do CHA para que você compreenda ainda mais o que é analisado em um processo de recrutamento e seleção por competências.

Conhecimento (C): como o próprio nome diz, é o conhecimento que o candidato tem sobre o assunto. Podemos avaliar essa categoria através dos cursos, livros, palestras, enfim, que o candidato teve contato.

Habilidades (H): aqui o recrutador avalia a parte prática dos conhecimentos do candidato. O recrutador pode questionar o candidato quando e como ele aplicou os conhecimentos que são necessários para a vaga.

Atitudes (A): neste quesito, avaliamos a tomada de atitude do candidato, se ele aguarda os outros solicitarem algo para ser feito ou se ele resolve situações que ele pode contribuir sem esperar que alguém o chame.

Recrutamento e seleção por competências: como fazer?

Defina bem o perfil do candidato

Como sempre, um bom processo de R&S começa com o desenho do perfil ideal do candidato. Uma dica valiosa aqui é já pensar no CHA quando estiver desenhando o perfil, pois assim suas próximas etapas serão ainda mais assertivas. 

Faça a triagem de currículos

Com o perfil bem desenhado, chegou a hora de fazer a triagem de currículos. Busque os candidatos que mais se encaixam nos pré-requisitos selecionados para a vaga.

Dinâmicas / testes / entrevistas para avaliar o CHA

Nesta fase onde o recrutamento e seleção por competências ganha mais força. Ao realizar dinâmicas, testes psicológicos e entrevistas sempre com o CHA como norte, você terá uma avaliação mais elaborada do candidato, muito além do currículo. Assim, seu processo de R&S se torna mais minucioso e certamente mais estratégico e assertivo.

Se quiser mais dicas, temos um post com um guia completo de recrutamento e seleção para você seguir.

Por hoje é só, mas se você gostou desse conteúdo e quer mais informações sobre admissão digital e tendências de RH,  assine a nossa newsletter e entre no nosso canal do Telegram: Eu Amo RH!

Até o próximo artigo! 💙

Também podem te interessar

Receba novos conteúdos
no seu email: