RH Ágil: o que é e como aplicar

RH Ágil: o que é e como aplicar

Ter um setor ágil, menos operacional e mais estratégico é o sonho de todo profissional de RH, não é? Pois, com o RH Ágil esse sonho virou realidade e está cada vez mais presente no dia a dia das empresas.

Mas, você sabe o que é RH Ágil e qual a diferença entre ele e o RH tradicional? Continue a leitura do texto para entender sobre o assunto.

O que é RH Ágil?

Primeiramente, você precisa entender que o RH não é mais visto apenas como um departamento que visa tarefas operacionais. Agora, o setor é cada vez mais explorado como uma área estratégica da gestão de pessoas, por isso e fundamental acompanhar a sua evolução.

Sendo assim, a metodologia ágil surge com a proposta de transformar os processos e torná-los menos operacionais. Se formos captar a história desde o início, devemos lembrar que em 2019 foi criado o Manifesto Ágil no RH, que contempla redes corporativas, transparência,  adaptabilidade, inspirar e comprometer-se, motivação intrínseca e ambição. Objetivos nos quais ultrapassam as estruturas hierárquicas, o sigilo, o gerenciamento e a obrigação.

Ou seja, o conceito de RH Ágil é basicamente substituir as demandas operacionais, tarefas manuais e exaustivas por um setor estratégico que visa o colaborador.

Qual a diferença do RH Ágil e do RH tradicional?

Há diferenças entre RH Ágil e o RH tradicional e vamos explicá-las a seguir.

Tradicional

O RH tradicional, por exemplo, começa os processos de recrutamento e seleção no momento que a vaga está em aberto. Além disso, capacita seu colaborador com treinamento até que ele atinja a performance desejada, sem aproveitar o máximo de conhecimento que o funcionário pode oferecer.

Além disso, o cargo e as funções são bem definidas, impossibilitando que o profissional mude de carreira ou traga inovações para o setor. Outro ponto de destaque se dá a gestão de talentos, no qual o time é responsável por atrair, desenvolver a avaliar talentos.

RH Ágil

Já o RH Ágil, tem uma estratégia de employer branding contínua, possibilitando atrair talentos não apenas no recrutamento. E o ambiente corporativo foca em aprendizados constantes, com o objetivo de desenvolvimento profissional dos colaboradores, independente da sua área.

Como citado acima, o RH Ágil foca no constante aprendizado dos funcionários, por isso, os treinamentos são bem estruturados, sendo possível o colaborador aumentar o seu conhecimento, possibilitando atuar em diversas frentes e trazer soluções para o cotidiano. Sendo assim, os colaboradores se tornam responsáveis pela própria evolução profissional. Além disso, os gestores se tornam mais ativos em todo o processo de atração e avaliação.

Como implantar o RH Ágil?

Se você se interessou pela metodologia ágil, fique de olho nas dicas que reunimos para implantar no seu setor.

  • Estabeleça metas para a mudança: e não nos referimos apenas a forma de trabalho. Ter um RH Ágil é modificar as maneiras como a equipe trabalha e entrega os resultados. Mas, para que o método seja efetivo, você e sua equipe precisam mudar a forma de pensar também.
  • Líderes engajados no processo: líder engajado passa confiança aos demais funcionários, por isso, é importante que os gestores façam parte desse processo de mudança.
  • Mapeie os pontos que precisam ser melhorados: onde há um problema? O que eu posso melhorar no setor? Qual a maior dificuldade encontrada pela equipe? Busque estratégias de melhorias e conte com a metodologia ágil.
  • Eduque seus colaboradores para as novas medidas: informe sua equipe que haverá mudanças no setor e novas estratégias para que eles se adaptem com a ideia de mudança.

Em resumo, podemos perceber que há mais vantagens em se ter um RH Ágil, e com certeza, os benefícios são maiores a longo prazo.

Por hoje é só, mas se você gostou desse conteúdo e quer mais informações sobre admissão digital e tendências de RH,  assine a nossa newsletter e entre no nosso canal do Telegram: Eu Amo RH!

Até o próximo artigo! 💙

Também podem te interessar

Receba novos conteúdos
no seu email:

admissão