Upskilling na gestão de carreiras dos colaboradores

Upskilling na gestão de carreiras dos colaboradores

Upskilling é uma técnica de gestão de carreiras muito utilizada quando a intenção da empresa é agregar valor a si mesma e, ao mesmo tempo, desenvolver as habilidades dos profissionais que atuam nela.

Para entender melhor o que é e como aplicar o Upskilling na gestão de carreiras dos colaboradores, continue lendo este artigo.

O que é Upskilling?

Todos os profissionais de qualquer setor que seja, precisam e devem se desenvolver em sua carreira para alcançar novas conquistas e se destacar em alguma área de atuação.

A questão é que existem formas diferentes de se desenvolver profissionalmente para o mercado de trabalho. O Upskilling, por exemplo é uma técnica de gestão de carreiras que tem como objetivo agregar valor à empresa ao melhorar as habilidades dos colaboradores.

Como o nome já diz, Upskilling é o mesmo que “aprimoramento”, mas em inglês. Isso quer dizer que o profissional o que pratica, aprimora as skills que já possui.

Enfim, quem pratica o aprimoramento, investe em conhecimentos que o faça melhorar ainda mais as habilidades relacionadas ao seu próprio cargo e carreira. Dessa maneira, o profissional consegue se tornar apto para se destacar no mercado competitivo de trabalho.

Como aplicar na gestão de carreiras?

Para aplicar o Upskilling na gestão de carreiras, é preciso identificar quais são as demandas da empresa. Ou seja, Quais são os setores que merecem e que serão desenvolvidos? Quem são os colaboradores que serão desenvolvidos? Quais são os motivos para que esse desenvolvimento aconteça? Quais habilidades não precisam ser desenvolvidas? E assim por diante.

Para obter essa informação é preciso que o setor de RH tome algumas atitudes com pesquisas de desempenho, pesquisas de satisfação, solicitação de feedbacks, dinâmicas individuais ou em grupos, análide KPIs (Key Performance Indicator) etc.

Depois disso, é preciso escolher qual estratégia será usada para aplicar o Upskilling na gestão de carreiras. Alguns exemplos de estratégias que pode ser utilizadas são:

  • Métodos tradicionais de aprendizagem como cursos ou graduações, por exemplo;
  • Treinamentos in company, que são os treinamentos que acontecem dentro da empresa;
  • Programas de mentorias para determinados colaboradores.

Por fim, após ter identificado quais as demandas da empresa e escolhido qual estratégia utilizar de acordo com seu objetivo, basta aplicar nos profissionais que serão desenvolvidos.

Quais são os benefícios?

Promover o desenvolvimento de skills é apenas uma das diversas vantagens de se praticar o Upskilling na gestão de carreiras da empresa.

Outras vantagens que podemos observar também, são:

  • Aumenta a capacidade de retenção de talentos na empresa que pratica;
  • Reduz a taxa de turnover e de rotatividade por demissões na organização;
  • Pode aumentar a produtividade dos colaboradores, já que se sentem mais valorizados;
  • Valoriza o potencial da empresa e a destaca no mercado;
  • Aumenta a resiliência das profissionais fazendo com que eles lidem melhor com mudanças;
  • Melhora as oportunidades de crescimento na empresa;
  • Aumenta a qualidade dos processos por conta da produtividade aumentada.

Enfim, é preciso entender que o Upskilling deve fazer parte da cultura da empresa. Afinal, com tantos benefícios que ele traz, não há motivos para que a organização não invista na carreira dos colaboradores.

Também podem te interessar

Receba novos conteúdos
no seu email: