Descrição de cargos: o que é e como fazer? Veja o passo a passo!

Você sabe o que é a descrição de cargos? Esse documento tem uma importância fundamental para o RH na hora do Recrutamento e Seleção.

Por isso, continue lendo para entender para que serve e como fazer na sua empresa!

Para que serve a descrição de cargos? 150

A descrição de cargos é a documentação escrita sobre as responsabilidades, atribuições, habilidades e perfil que o cargo exige.

Assim, temos por objetivo deixar claro quem é responsável pelo o que e quais as atividades exercidas pelo profissional. Isso é fundamental para um bom funcionamento das equipes e da empresa.

Na descrição de cargos não podemos esquecer de descrever:

  1. Nome do cargo;
  2. Atividades a serem exercidas: detalhe com clareza cada atividade a ser desenvolvida;
  3. Requisito: formação, experiência, idiomas, soft skills e etc;
  4. Qualidade desejáveis: aquilo que não elimina o candidato, mas ajuda na seleção, como cursos profissionalizantes e conhecimento em software específico;
  5. Objetivos: o que é esperado do cargo;
  6. Exigências geográficas: onde mora e disponibilidade de viagens;
  7. Local de trabalho: trabalho remoto, home office com reuniões presenciais ou escritório?
  8. Remuneração: qual será o salário do funcionário?
  9. Benefícios: defina com clareza tudo que a empresa oferece a mais para sua equipe. Também pode incluir aqui a questão do dress code livre e horários flexíveis.

Com essas informações em mãos, é possível fazer a divulgação da vaga com muito mais sucesso.

Passo a passo de como fazer a descrição de cargos 300

#1 Sente com o gestor da área para entender as funções

O primeiro passo é conversar com o gestor da área. Em especial nos projetos de reestruturação, é importante que quem comanda a área esteja envolvido no processo.

Assim, nessa reunião deverá ser levantado as informações que comentamos acima. Importante ser o mais claro possível.

Aliás, a identificação do nome do cargo é fundamental. Isso porque o nome tem influência no CBO do cargo. Essa classificação terá impacto na faixa salarial, atividades e responsabilidades permitidas pelo sistema.

Também é preciso identificar:

  • Condições de trabalho;
  • Riscos ocupacionais;
  • Responsabilidades;
  • Dimensão das atividades;
  • Relacionamento com clientes.

Em geral, é comum que essa reunião com o gestor seja mais um Brainstorm. De tal maneira, será necessário polir as informações depois. Assim, evita-se ambiguidades e que algo esteja faltando.

Ademais, em processos de reestruturação ou criação de departamento, é importante criar o organograma. Nesse sentido, é definida a estrutura hierárquica.

Dessa forma cada colaborador saberá quem é seu superior direto, com quem ele tem relação, a quem problemas devem ser reportados e etc.

#2 Organize as informações na descrição de cargos

Após a reunião, é preciso organizar tudo em um documento. É importante que esse documento faça a descrição de cargos de maneira clara. 

Caso algo tenha ficado ambíguo ou você ficou em dúvida, volte a falar com gestor até que tudo esteja alinhado.

#3 Estude quais as melhores formas de recrutamento e seleção para o cargo

Por fim, a descrição de cargos nos ajuda a definir qual será a melhor forma de recrutamento e seleção.

Afinal, o documento deixa claro as habilidades e o perfil desejado. Assim, podemos saber quais testes aplicar para conhecer essas informações dos candidatos e onde será o melhor lugar para divulgação.

Por exemplo, um cargo de gerência sênior não faz sentido colocar anúncios no Facebook e fazer questionários objetivos. Talvez seja melhor investir no LinkedIn e em testes psicológicos.

Enfim, quer saber tudo sobre recrutamento e seleção? Então você precisa baixar nosso eBook gratuito, basta clicar aqui.

 

Também podem te interessar

Receba novos conteúdos
no seu email: