Como-dar-feedbacks-utilizando-a-tecnica-sanduiche

Saiba como dar feedbacks utilizando a técnica sanduíche

Se você buscar por feedback aqui no blog vai encontrar vários artigos que reforçam a importância da prática para os colaboradores e o bem-estar organizacional.  Mas, para ajudar ainda mais nesse processo, vamos falar sobre a técnica sanduíche.

Essa prática traz diversos benefícios para os gestores quando aplicada corretamente. Quer saber como fazê-la? Continue a leitura do texto.

O que é um feedback de técnica de sanduíche?

O feedback sanduíche é uma técnica descrita no livro de autoajuda Gerente-Minuto, popular dos anos 90. A maneira correta de realizá-lo é iniciar a conversa dando um reforço positivo, elogiando uma ação ou um bom resultado do funcionário. Em seguida, apresentar o ponto de crítica e a sugestão de melhoria. Para finalizar a conversa, você elogia e agradece o colaborador por algo bom que ele tenha feito.

Essa técnica leva esse nome justamente por ser “construído” da mesma maneira que um sanduíche: pão, recheio e outro pão por cima, certo?

Abaixo vamos explicar como é feito o feedback sanduíche. Confira!

Como dar um feedback de sanduíche?

Vamos explicar o passo a passo do feedback usando um nome aleatório para ficar mais didático.

  • 1º passo

Como citado acima, o primeiro passo do feedback sanduíche é destacar os pontos positivos do colaborador. É essencial que esse início seja relacionado com atitudes ou características que ajudam no processo da empresa.

Você pode iniciar a conversa da seguinte forma:

— Mario, você é um ótimo vendedor. Toda semana suas metas são atingidas. Você está de parabéns! Ou, elogiar seu comportamento.

— Mario, a forma como você se empenha em trazer resultados positivos para a equipe, motiva seus colegas a fazerem o mesmo.

É importante que esse elogio seja sincero e descritivo.

  • 2º passo

Após o elogio, é hora de apontar o que precisa melhorar. Evite continuar a conversa com “mas” ou “porém”, essas palavras podem causar o efeito contrário ao elogio sincero do início do feedback. Além disso, é importante focar no comportamento e não na pessoa.

Por exemplo, invés de falar que o colaborador é desorganizado, falar que ele poderia melhorar como organiza as suas demandas ou carteira de clientes. Não seja rude, mas busque a objetividade.

Por exemplo:

—  Mario, você é um ótimo profissional. Bate as metas da semana, está de parabéns! Notei que a semana toda você chegou um pouco atrasado. Está acontecendo algo que eu possa ajudar?

Perceba que você expôs o problema e ainda se colocou à disposição para ajudar e contornar a situação. Claro, sabemos que nem sempre dar feedback é fácil assim, e que muitas vezes pode acontecer de você ser interrompido ou questionado. A dica para que isso não aconteça é pedir para que o colaborador deixe você falar e escute tudo antes de responder. Explique que fará o mesmo quando for a vez dele de se pronunciar.

Quando for a sua vez, ouça com atenção e se preciso faça anotações.

  • 3º passo

Para finalizar o feedback sanduíche, destaque as qualidades que podem ajudar seu colaborador a chegar nos resultados que você espera. Confira abaixo o diálogo completo da técnica.

— Mario, você é um ótimo vendedor. Toda semana suas metas são atingidas. Você está de parabéns!

Deixe que o colaborador responda, provavelmente ele irá agradecer o elogio ou dirá como tem feito para chegar nesse resultado.

—  Que legal! Seu esforço tem valido a pena. Notei que a semana toda você chegou um pouco atrasado. Está acontecendo algo que eu possa ajudar?

Ouça o Mario, tome suas notas e fale novamente.

Finalize a conversa com: — Mario, tenho certeza que você irá superar esse problema facilmente, você é um excelente colaborador, está sempre preocupado com os resultados!

Não esqueça de escolher um lugar tranquilo para dar o feedback e manter uma constância na prática.

Por hoje é só, mas se você gostou desse conteúdo e quer mais informações sobre admissão digital e tendências de RH,  assine a nossa newsletter e entre no nosso canal do Telegram: Eu Amo RH!

Até o próximo artigo! 💙.

Também podem te interessar

Receba novos conteúdos
no seu email: