Saúde mental no trabalho: qual o papel do RH?

Diversos fatores podem ocasionar o esgotamento físico e mental de um colaborador, seja os prazos apertados, alta competitividade, desmotivação e até Síndrome de Burnout. E um RH estratégico sabe que é sua responsabilidade criar um ambiente saudável na empresa, pois a saúde mental no trabalho é promovida por medidas feitas pelo RH.

Neste artigo iremos abordar qual o papel do setor no bem-estar dos colaboradores e algumas ações preventivas para aplicar na empresa e manter os funcionários motivados. Boa leitura!

Qual o papel do RH na saúde mental dos colaboradores?

O RH é o primeiro a manter contato com os funcionários de uma empresa, visto que é o setor que promove o Recrutamento e a Seleção de candidatos. O papel do setor é fazer a gestão de pessoas e isso inclui a saúde mental dos funcionários. 

Ou seja, o RH é responsável por criar medidas preventivas de bem-estar e acompanhar os colaboradores em seu desenvolvimento profissional. Pois, funcionário desmotivado e desinteressado é prejuízo na certa para a empresa. Mas, deve ir além disso. É fundamental que haja um olhar mais empático para os funcionários, e essa é uma pauta bastante recorrente no mercado de trabalho atualmente.

Você sabia que a ansiedade, o estresse e depressão estão no topo da lista de motivos que causam o afastamento do trabalho? Como já citamos acima, a pressão diária em relação às atividades que envolvem cobranças, metas inalcançáveis e problemas de relacionamento podem gerar um estresse excessivo nos empregados, ocasionando o transtorno mental.

Por isso, o RH precisa promover ações preventivas de saúde, repensar os valores e a cultura da empresa, além de adotar uma gestão objetiva, com uma comunicação clara e aberta.

Como a saúde mental afeta as empresas?

A saúde mental abala não só o colaborador, mas prejudica o andamento das demandas também. Isso porque em muitos casos as tarefas são distribuídas em equipes que dependem entre si. E a consequências são:

  1. Perde de produtividade e baixo rendimento da equipe
  2. Aumento na taxa de Turnover;
  3. Aumento do absenteísmo;
  4. Clima organizacional ruim;
  5. Erros na execução de tarefas.

Como uma boa gestão pode ajudar na saúde mental dos colaboradores?

Em resumo, uma alternativa para auxiliar os trabalhadores com o bem-estar é investir em ações voltadas para a mente. Já citamos aqui os malefícios de se ignorar esse assunto, por isso separamos algumas estratégias que irão promover a saúde mental. Confira!

  • Invista em benefícios para valorizar a equipe

Planos de saúde são fundamentais e são meios facilitadores no acesso a serviços médicos Muitos colaboradores não teriam condições de arcar com dispensas relacionadas à saúde caso não tivessem o plano de saúde empresarial. Além disso, o benefício faz com que os funcionários se sintam valorizados.

Para a empresa, o ideal é que oferecer um plano de saúde seja visto como um investimento e não um gasto. Já que além de manter os empregados saudáveis, o auxílio torna a empresa mais competitiva no mercado, pois é um atrativo para os profissionais que priorizam o benefício. Além de atrair diversos talentos.

  • Preste atenção aos sinais

É importante que o RH tenha um olhar mais empático em relação aos problemas de seus colaboradores. E estar atento aos sinais como, irritabilidade, cansaço, esquecimento, queda na produtividade, falta de entusiasmo com os desafios, auto sabotagem e outros pode evitar problemas maiores.

É papel do RH orientar os gestores que tenham uma relação mais humana e próxima da sua equipe, por isso introduza na empresa a cultura da colaboração, do respeito e do diálogo.

  • Reveja a cultura da empresa

Passamos a maior parte do tempo no trabalho, por isso o clima precisa ser saudável, caso contrário não há saúde que aguente. Porém, para isso acontecer de fato, é preciso rever a cultura organizacional, entre eles os valores da empresa.

  • Fale sobre saúde mental

Falar sobre saúde mental quebra os tabus de que não se discuti sobre problemas psicológicos. Por isso, invista em debates abertos e ações que ajudam a perceber e prevenir os problemas.

  • Tenha constância nas ações

Ações para manter a saúde mental dos colaboradores devem ser constantes, pois os problemas e as dificuldades sempre vão existir, por isso é um processo que deve ser contínuo. Para isso, elabore um calendário com as ações, sejam elas semanal, mensal, trimestral ou a cada seis meses.

Confira algumas dicas:

  1. Sugerir sessões coletivas de yoga ou meditação na empresa a cada 15 dias;
  2. Investir em happy hour mensal (atualmente podem ser feitos online) com bebidas e comidas custadas pela empresa;
  3. Sortear brindes que servirão como presentes para os colaboradores, como: estadias em pousadas, hotéis, spas, vale livros, cursos, etc.
  4. Reforçar a importância do autoconhecimento e da inteligência emocional.
Debatendo sobre o assunto

Elaboramos um webinar sobre “O papel do RH estratégico na construção de iniciativas de saúde mental nas organizações” onde foram tiradas diversas dúvidas sobre o bem-estar dos colaboradores. Se você quer conferir, acesse o link abaixo. 

[Assistir Webinar] 

Por hoje é só, mas se você gostou desse conteúdo e quer mais informações sobre admissão digital e tendências de RH,  assine a nossa newsletter e entre no nosso canal do Telegram: Eu Amo RH!

Até o próximo artigo! 💙

Também podem te interessar

Receba novos conteúdos
no seu email:

admissão