Automação de processos do RH por onde começar

Automação de processos do RH: por onde começar?

Quer ter um setor mais ágil, competitivo e com menos atividades manuais e repetitivas? Então está na hora de fazer a automação dos processos de RHe tornar o seu dia a dia muito mais tecnológico. Com essa ação sua empresa e o setor de RH ganham com produtividade e qualidade nos serviços prestados.

Quem não quer melhorar as atividades internas ter maior controle de dados e agilidade nas atividades do setor, não é mesmo?! Se você ficou interessado no assunto e pretende aderir à transformação digital, continue a leitura deste artigo.

O que é automação de processos?

Primeiramente, vale ressaltar que a automação de processos é um avanço tecnológico, porém, muitas empresas já aderiram às ferramentas. Então, se você ainda não investe em tecnologia para automatizar as tarefas do setor, fica o alerta para atualizar a sua empresa.

Feito o aviso, vamos ao que interessa. A automação de processos do RH tem o objetivo de melhorar a eficiência das funções internas de uma empresa. Sabemos que o foco do setor de Recursos Humanos é a gestão de pessoas, porém existem outras responsabilidades que envolvem os profissionais, como o gerenciamento de documentos e processos administrativos. Por isso, é fundamental implantar a tecnologia para auxiliar na execução dessas tarefas.

Além de flexibilizar e agilizar essas demandas, a automação desses processos reduz o tempo de serviço e minimiza os erros causados pelas ações humanas, pois as tarefas passam a ser executadas por sistemas automatizados.

Quais os processos podem ser automatizados?

Como você pôde perceber, a automação de processos do RH geralmente ocorre para diminuir o trabalho manual e ter resultados mais assertivos. Normalmente são tarefas mais burocráticas e repetitivas. Destacamos:

Como automatizar processos no RH?

Agora que você já sabe o que é a automação de processos e entendeu o quanto ela é importante para a sua empresa, que tal aprender como aplicar nos processos do RH? Confira algumas dicas e etapas:

1. Defina quais processos serão automatizados

É importante que você mapeie as tarefas que serão automatizadas para organizar seus investimentos. Citamos acima alguns processos, e ressaltamos  a gestão de dados de funcionários, planilha de produtividade e pagamento, registro de reclamações e pedidos. Quanto mais tarefas você incluir na automatização, mais fácil fica conseguir bons resultados.

2. Defina metas

Com a implementação da tecnologia na execução de algumas tarefas, você poderá criar metas significativas para o seu setor. Isso porque o rendimento se tornará constante e a equipe se sentirá mais desafiada a produzir melhores resultados por meio dos softwares de gestão.

3. Integre a equipe 

Com o uso de softwares de gestão, algumas tarefas se tornaram padronizadas, consequentemente, haverá maior comunicação e rendimento das tarefas executadas, isso porque as atividades serão sincronizadas com outros departamentos e gerência da corporação.

4. Escolha bem a ferramenta

Com diversas opções no mercado, você precisa entender qual ferramenta supre mais as suas necessidades. Se quer uma dica, opte por softwares que façam o controle da folha de pagamento, colha os documentos necessários para a admissão, faça a triagem de currículos e que utilize Inteligência Artificial. Assim, você terá mais assertividade nos processos.

5. Monitore os resultados 

Após implantar a tecnologia nos processos, é hora de mensurar os resultados. Com a análise dos dados, você e os gestores podem entender melhor se está havendo mudanças nos processos automatizados e corrigi-los caso não esteja sendo extraído o máximo de aproveitamento com a tecnologia.

Por hoje é só, mas se você gostou desse conteúdo e quer mais informações sobre admissão digital e tendências de RH,  assine a nossa newsletter e entre no nosso canal do Telegram: Eu Amo RH!

Até o próximo artigo! 💙

 

Também podem te interessar

Receba novos conteúdos
no seu email:

admissão